A importância do Pedigree

Porque o seu Golden TEM que ter!

   Muitas pessoas desconhecem a importância do pedigree para os diversos animais e não diferente ocorre com os Golden Retrievers. Com frequência, sem muito acesso a informação, pessoas compram cães supostamente da raça Golden e depois assistem seus cães se desenvolverem fora do padrão, com desvios de comportamento e problemas de saúde.

 

   Todos os animais devem ser amados igualmente e não é necessário possuir um pedigree para que se torne um membro da famí­lia, enchendo uma casa de amor. Porém, é importante observar que ao se tratar de cães de raça o pedigree é fundamental para comprovar que um cão realmente pertence aquela raça.

Não basta ter todas as caracterí­sticas. Somente com o documento reconhecido por órgão competente o seu cão será oficialmente um Golden Retriever.

 

   Em geral, quais os benefí­cios de ter um cão com pedigree? Através do pedigree você tem acesso a árvore genealógica do seu Golden, conhecendo seus pais, avós e assim por diante. Com isso é mais fácil conhecer o histórico de doenças dos seus antecessores e também registrar as ninhadas futuras.

 

   Pedigree é garantia de conformidade com todos os padríµes da raça? Não necessariamente. Um cão pode ser filho de legí­timos Golden Retrievers e ainda sim apresentar pequenos desvios. Isso é normal na natureza porém é bastante minimizado pelo trabalho de criadores sérios e dedicados.

 

   Por que um cão com pedigree custa tão mais caro que um cão sem? Essa dúvida atinge muita gente, que acaba optando por comprar um Golden Retriever sem pedigree. Existem motivos para isso. Normalmente, filhotes com pedigree são mais caros justamente porque provém de pessoas que tem mais cuidado em relação a raça e cuidados custam caro. Imagine o dinheiro investido na matriz e padreador, no estudo genético de linhagens, na saúde de ambos os pais, no perí­odo que antecede a prenhez, o perí­odo durante a mesma, o pós-parto etc. Criar cães dá trabalho e traz muitos gastos. Um cão com pedigree tem sim mais valor no mercado e deve ser mantido como tal.

 

   Apesar disso, o registro do pedigree em si não custa assim tão caro. Em torno de 30 reais para sócios dos órgãos competentes. Portanto, apenas pelo documento em si um vendedor não deve cobrar tanto a mais. Reforçando o que já foi dito, cães de boa procedência tem custo mais alto mas trazem grandes benefí­cios, estando menos propí­cios a doenças e gastos extras.

 

   É importante conscientizar a todos quanto a importância do pedigree. Evite comprar um Golden Retriever sem esse documento tão valioso. Isso é importante para o cão e para sua famí­lia!

 

   O pedigree não torna o cão mais caro. O que torna o cachorro “caro” é a sua procedência, o que significa dizer: sua saúde, genética, temperamento etc. E colocamos “caro” entre aspas mesmo pois não é caro, é justo). Um Golden Retriever de qualidade é resultado de um extenso trabalho de criadores responsáveis, que se dedicam à raça e querem o melhor para ela. O tempo e emocional investido em uma criação idônea são impossíveis de serem mensurados em retorno financeiro. É um grande investimento não só de dinheiro mas da vida inteira de uma pessoa e de todos os envolvidos. O pedigree em si custa entre R$40,00 a R$50,00, ou seja, é muito pouco perto do custo de criar a raça.

 

   O pedigree é um documento que pode ser comparado à nossa certidão de nascimento: ela lista quem são os pais do filhote, seus avós, entre outras informações importantes como a raça, a cor (algumas raças possuem variações), a data de nascimento, títulos dos antecessores, nome dos criadores, entre outros dados fundamentais para identificar a origem do filhote de Golden. Ou seja: somente com esse documento é possível verificar a procedência do filhote. Sem o pedigree, você nunca poderá dizer que seu Golden é realmente um Golden, simplesmente porque não há um histórico dos seus pais, avós, bisavós e assim por diante.

Criadores desonestos falam que com pedigree o filhote é mais caro e que, por isso, não registraram. Isso é mentira contada apenas para enganar os compradores, que na tentativa de economizar caem no conto do vigário. Esses criadores agem dessa forma porque normalmente não possuem o pedigree dos pais e também porque mesmo quando possuem, ao registrar o pedigree estão declarando estar vendendo um cão de raça pura, o que nem sempre é verdade. Muitos desses filhotes são mestiços: cruzamento de Golden com Labrador ou ainda outras raças.

 

   O pedigree é o básico do básico de qualquer cão de raça. Você não pode dizer que tem um Poodle, ou um Golden, ou um Doberman ou qualquer outra raça, sem ter o documento comprobatório. Além disso, o pedigree no Brasil deve ser emitido pela CBKC, que é o único órgão no país filiado à FCI. Existem outros órgãos que foram criados paralelamente, que facilitam a emissão de pedigree sem históricos, apenas avaliando as características do filhote (que aliás, mudam MUITO ao longo do crescimento e podem ficar totalmente diferente da fofura que você vê quando são bebês). Os pedigrees desses outros órgãos não tem validade junto a FCI e a CBKC, funcionando apenas para ajudar as vendas, sem uma operação correta por trás.

 

   Outra interpretação errônea que vemos com frequência é achar que pedigree é coisa de cachorro para exposição e que “eu não preciso de um cachorro show quality, é para companhia mesmo”. Okay, a maior parte dos cães vendidos até pelos criadores mais famosos e bem conceituados são para companhia. Isso não significa que eles precisem ser cachorros fora do padrão da raça. Pedigree é um documento para todos os cães de raça pura, independente de participarem de exposições caninas ou não.

 

   Se você ainda não possui dinheiro para comprar um Golden Retriever de uma boa criação, com pedigree etc, isso é totalmente aceitável. Nós também tivemos que batalhar muito para ter nosso primeiro Golden Retriever. Existem muitos cães disponíveis para adoção e você pode sempre optar por adotar um cão sem raça definida. Nenhum cão é melhor que o outro no quesito de dar amor e ser uma companhia. Então você pode e deve ajudar cães em necessidade como os que estão disponíveis para doação diariamente, dando uma vida digna e de muito amor a eles.

 

   Agora se seu sonho é ter um Golden Retriever mesmo, com todas as suas características definidas, somente ao adquirí-lo em um criador correto você conseguirá atingir esse objetivo. Quando economizamos na compra e buscamos “alternativas” estamos na verdade jogando dinheiro fora pois o resultado não será o cão que esperamos, um Golden Retriever como vemos na rua e admiramos, como já convivemos na casa de conhecidos etc. Nesses casos, recomendamos que adote um cãozinho vira-lata, que também te encherá de alegria.


 

Fonte: http://www.goldenretrieveronline.com.br/